CANTINHO MÁGICO

sábado, 3 de novembro de 2007


Crença na distorção do tempo é comum às fadas de todas as regiões. Uma noite em seus domínios equivaleria a vários anos no tempo dos mortais. Há relatos de histórias de pessoas que ao posicionar-se em um anel de fadas, acreditam ter ali permanecido observando o Baile das Fadas por breves minutos, mas em nosso mundo só reaparecem após muitos anos.

Entradas secretas protegem o acesso aos domínios das fadas e geralmente estão localizadas em montes ou tronco de árvores. Acredita-se que as fadas possuem uma enorme repulsa ao ferro e este metal deve ser usado como proteção contra elas quando necessário. Alguns folcloristas crêem que esta lenda deu origem a utilização do ferro para arar a terra e derrubar árvores, representando o poder do homem em violentar a Natureza. Diz, esta lenda ainda, que deve-se sempre deixar um pedaço de ferro na porta de entrada do domínio das fadas, para evitar que ela feche. As fadas não tocariam no ferro, e assim não poderiam impedir que a pessoa regressasse quando quisesse.


Há, entretanto, métodos de resgate de cativos de fadas. Se alguém que você conhece desapareceu em um anel de fada, você deve retornar a este lugar um ano e um dia mais tarde. Coloque somente um pé dentro do anel e poderá ver as fadas bailarinas e a pessoa que pretende resgatar. Com ambos os braços, agarre-a fortemente e puxe com força para fora do anel.

Todo aquele que deseja imensamente encontrar-se com as fadas, é necessário primeiro, aprender o máximo possível sobre elas, pois todo o cuidado é pouco quando se pisa em território totalmente desconhecido.


Alerta-se para nunca se colocar ambos os pés em um anel de fadas, pois poderá ficar perdida no Mundo das Fadas. Um anel de fadas é um círculo redondo de cogumelos que pode ser encontrado em campos abertos e até em jardins e é o lugar onde as fadas dançam. Quem pisar dentro dele será capaz de ver o "Baile das Fadas", antes invisível e poderá também ouvir a doce e bela música, onde antes só havia silêncio. A música e a dança são tão contagiantes que os que a presenciam podem perder totalmente a noção do tempo.

Nunca coma da comida das fadas, não importa o quanto cortesmente lhe forem oferecidas. Quem a comer, pode ficar indefinidamente cativo em seu Mundo.

sexta-feira, 2 de novembro de 2007


_)_

É SÓ UM MOMENTO DE IDIOTICE!!!!!

SOU ALGUÉM Q TÁ PERDIDO NUM BARCO A DERIVA
SOU ALGUÉM QUE DÁ BOM DIA A QUEM QUERO BEM
SOU ALGUÉM QUE GUARDA LEMBRANÇAS SÓ DO BEM
SOU MESTRA NA ARTE DO OUVIR...
SOU DIFERENTE PRA QUEM QUER O NOVO.
SOU FIEL NAS PALAVRAS...
MAS TODOS TEMOS O OUTRO LADO..
O ESQUERDO
O NEGRO
O CONTRADITÓRIO
O NÃO SER BONZINHO A TODO INSTANTE
O LADO PERIGOSO DE UM ALMA MACHUCADA
O LADO SUJO DOS PENSAMENTOS
O LADO ABANDONADO ...
O LADO QUE ERA DOCE E TORNA-SE AMARGO...
NÃO QUEIRAM CONHECER ESSE LADO
NUNCA ME DIGAM COISAS QUE EU ACREDITE......
FAÇAM CUMPRIR AS PALAVRAS
POIS ALGUÉM AKI DENTRO DESPERTOU E NÃO É NADA AGRADÁVEL......
ANOS E ANOS DE FIDELIDADE...
ASSIM DE REPENTE..AS COISAS MUDAM, EU MUDEI TB.
TÔ NUM MOMENTO DE ESPERA....
TÔ OBSERVANDO CADA PASSO
TÔ AÍ BEM PERTO TE OLHANDO
ANALISANDO CADA GESTO, CADA SORRISO, CADA OI ......
oH!!MUNDINHO!!
QUEM MANDOU ME CONHECER?
AGORA QUER MUDAR A ROTA?????
NÃO DÁ MAIS.....
JÁ ESTOU NO SEU CAMINHO.
ME DEU GUARIDA.NÃO DEVIA.
SE ACHA ........
NUNCA ROUBE O BRINQUEDO DE UMA CRIANÇA MIMADA!!ELA É SOLITÁRIA E GUARDA CD COISINHA SUA COM MUITO CARINHO E EGOÍSMO, POIS A MÃO?ENTÃO VAI BRINCAR COM ELA......NÃO FAÇA ELA SE MAGOAR....
AH, DIGA BOM DIA À ELA!!!!!!
TODA CRIANÇA MÁ GOSTA DE ATENÇÃO REDOBRADA,NÃO ESQUEÇA DELA NUNCA!!!!!!!
O AMIGUINHO DEVE SER GENTIL SÓ PRA VARIAR...
JÁ QUE TÃO CUIDADOSO COM OS AMIGOS E AMIGUINHAS.SEJA GENTIL, NÃO PISE NA ALMA QUE VOA, NA ALMA QUE ENCANTA,
NA ALMA QUE SE DEU....
VOU SORRIR SEMPRE!!VOU LAVAR O ROSTO E TIRAR A TINTA.....
O NARIZ VERMELHO NÃO COMBINA MAIS.......
(LÁGRIMAS VÃO VIRAR UMA POÇÃO MÁGICA)
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
COISA DE VENLIFTIANOSSSSS.

AS MULHERES (ARNALDO JABOR)

As Mulheres (segundo Arnaldo Jabor)

O cara faz um esforço desgraçado para ficar rico pra que?
O sujeito quer ficar famoso pra que?
O indivíduo malha, faz exercícios pra que?

A verdade é que é a mulher o objetivo do homem.
Tudo que eu quis dizer é que o homem vive em função de você..
Vivem e pensam em você o dia inteiro, a vida inteira.
Se você, mulher, não existisse, o mundo não teria ido pra frente.
Homem algum iria fazer alguma coisa na vida para impressionar outro homem,
para conquistar um sujeito igual a ele, de bigode e tudo.
Um mundo só de homens seria o grande erro da criação. Já dizia a velha frase
que atrás de todo homem bem-sucedido existe uma grande mulher".

O dito está envelhecido. Hoje eu diria que "na frente de todo homem
bem-sucedido existe uma grande mulher".
É você, mulher, quem impulsiona o mundo.
É você quem tem o poder, e não o homem.
É você quem decide a compra do apartamento, a cor do carro, o filme a
ser visto, o local das férias.
E, se você que está lendo isto aqui for um homem, tente imaginar a sua
vida sem nenhuma mulher.
Aí na sua casa, onde você trabalha, na rua. Só homens. Já pensou?
Um casamento sem noiva?
Um mundo sem sogras?
Enfim, um mundo sem metas.

ALGUNS MOTIVOS PELOS QUAIS OS HOMENS GOSTAM TANTO DE MULHERES:

1- O cheirinho delas é sempre gostoso, mesmo que seja só xampu.
2- O jeitinho que elas tem de sempre encontrar o lugarzinho certo em nosso
ombro.
3- A facilidade com a qual cabem em nossos braços.
4- O jeito que tem de nos beijar e, de repente, fazer o mundo ficar perfeito.
5- Como são encantadoras quando comem.
6- Elas levam horas para se vestir, mas no final vale a pena.
7 - Como sempre ficam bonitas, mesmo de jeans com camiseta e rabo-de-cavalo.
8 - Aquele jeitinho sutil de pedir um elogio.
9 - Como ficam lindas quando discutem.
10 - O modo que tem de sempre encontrar a nossa mão.
11 - O brilho nos olhos quando sorriem.
12 - O jeito que tem de dizer "Não vamos brigar mais, não.."
13 - A ternura com que nos beijam quando lhes fazemos uma delicadeza.
14 - O modo de nos beijarem quando dizemos "eu te amo".
15 - Pensando bem, só o modo de nos beijarem já basta.
16 - O modo que têm de se atirar em nossos braços quando choram.
17 - O jeito de pedir desculpas por terem chorado por alguma bobagem.
18 - O jeitinho de dizerem "estou com saudades".
19 - As saudades que sentimos delas.
20 - A maneira que suas lágrimas tem de nos fazer querer mudar o mundo para
que mais nada lhes cause dor.

Isso não é uma corrente, apenas mande para todas as mulheres de sua lista
para elas perceberem o quanto são importantes, e para os homens, para que
eles lembrem o quanto vocês são essenciais!!!

Arnaldo Jabor.


quinta-feira, 1 de novembro de 2007

TEXTO DA RITA LEE


"Eu tinha 13 anos, em Fortaleza, quando ouvi gritos de pavor.
Vinham da vizinhança, da casa de Bete, mocinha linda, que usava tranças. Levei apenas uma hora para saber o motivo. Bete fora acusada de não ser mais virgem e os irmãos a subjugavam em cima de sua estreita cama de solteira, para que o médico da família lhe enfiasse a mão enluvada entre as pernas e decretasse se tinha ou não o selo da honra. Como o lacre continuava lá, os pais respiraram, mas a Bete nunca mais foi à janela, nunca mais dançou nos bailes e acabou fugindo para o Piauí, ninguém sabe como, nem com quem.
Eu tinha apenas 14 anos, quando Maria Lúcia tentou escapar, saltando o muro alto do quintal da sua casa para se encontrar com o namorado. Agarrada pelos cabelos e dominada, não conseguiu passar no exame ginecológico. O laudo médico registrou vestígios himenais dilacerados, e os pais internaram a pecadora no reformatório Bom Pastor, para se esquecer do mundo. Realmente; esqueceu, morrendo tuberculosa. Estes episódios marcaram para sempre e a minha consciência e me fizeram perguntar que poder é esse que a família e os homens têm sobre o corpo das mulheres? Ontem, para mutilar, amordaçar, silenciar. Hoje, para manipular, moldar, escravizar aos estereótipos. Todos vimos, na televisão, modelos torturados por seguidas cirurgias plásticas. Transformaram seus seios em alegorias para entrar na moda da peitaria robusta das norte americanas. Entupiram as nádegas de silicone para se tornarem rebolativas e sensuais, garantindo bom sucesso nas passarelas do samba.
Substituíram os narizes, desviaram costas, mudaram o traçado do dorso para se adaptarem à moda do momento e ficarem irresistíveis diante dos homens. E, com isso, Barbies de facaria, provocaram em muitas outras mulheres - as baixinhas, as gordas, as de óculos - um sentimento de perda de auto-estima. Isso exatamente no momento em que a maioria de estudantes universitários (56%) é composta de moças. Em que mulheres se afirmam na magistratura, na pesquisa científica, na política, no jornalismo. E, no momento em que as pioneiras do minismo passam a defender a teoria de que é preciso feminilizar o mundo e torná-lo mais distante da barbárie mercantilista e mais próximo do humanismo.
Por mim, acho que só as mulheres podem desarmar a sociedade. Até porque elas são desarmadas pela própria natureza. Nascem sem pênis, sem o poder fálico da penetração e do estupro, tão bem representado por pistolas, revólveres, flechas, espadas e punhais. Ninguém diz, de uma mulher, que ela é de espadas. Ninguém lhe dá, na primeira infância, um fuzil de plástico, como fazem com os meninos, para fortalecer sua virilidade e violência. As mulheres detestam o sangue, até mesmo porque têm que derramá-lo na menstruação ou no parto.
Odeiam as guerras, os exércitos regulares ou as gangues urbanas, porque lhes tiram os filhos de sua convivência e os colocam na marginalidade, na insegurança e na violência. É preciso voltar os olhos para a população feminina como a grande articuladora da paz. E para começar, queremos pregar o respeito ao corpo da mulher. Respeito às suas pernas que têm varizes porque carregam latas d'água e trouxas de roupa. Respeito aos seus seios que perderam a firmeza porque amamentaram seus filhos ao longo dos anos. Respeito ao seu dorso que engrossou, porque elas carregam o país nas costas.
São as mulheres que irão impor um adeus às armas, quando forem ouvidas e valorizadas e puderem fazer prevalecer à ternura de suas mentes e a doçura de seus corações. "Nem toda feiticeira é corcunda. Nem toda brasileira é só bunda.“

ANJO DA GUARDA


Alguém segura minha mão
Alguém me consola na tristeza e solidão
Eu não o vejo, mas ele existe ...
Estou feliz por estar aqui
Não tenho asas para voar contigo
Mais posso senti-lo comigo”

www.borboletaprateada.blogspot.com