CANTINHO MÁGICO

quarta-feira, 22 de agosto de 2007

MÚSICA E DANÇA


MÚSICA E DANÇA

Todos sabem que as fadas gostam de música suave e melodiosa. Elas têm verdadeiro pavor de raios e odeiam ouvir sons de tambores e sinos, que possuem o poder de afugentar os malefícios. Mas, o que mais as aterroriza em relação aos sinos, não é tão somente o som, mas também por serem feitos totalmente de ferro, metal que as deixam apavoradas. As Fadas não possuem nada de ferro, em troca, usam ouro para confeccionar suas armas e utensílios domésticos.

As fadas têm instrumentos musicais com os quais acompanham suas canções, sendo os mais habituais, os de corda, como as harpas, os violinos, guitarras e outros menos conhecidos como o berimbau. Elas são aficionadas pela música e pela dança, que realizam principalmente na primavera, perto da meia noite, momento que se reúnem no cume das montanhas e dançam, as vezes freneticamente, quase toda a noite. Pelos famosos "anéis de fadas", se pode descobrir os mágicos enclaves onde tem lugar esses bailes e, possivelmente, a entrada de suas moradas.

O baile sempre se realiza em círculo ou em corro, porém dando-se as costas. Esse dado é confirmado pelo testemunho já realizado por algumas pessoas, que afirmam que as fadas cantam e dançam de mãos dadas, mas sem olharem-se se frente, mas sim com as costas voltadas para o interior do círculo. Os homens devem abster-se de participar de seus bailes, pois sua música e sua dança são de tal intensidade e embriaguez que os seres humanos são atraídos ao corro, mercê de um feitiço mágico que lhes impele a unir-se a elas, e podem chegar a morrer de esgotamento sem dar-se conta, pois uma vez que começam não podem parar. Só existe uma maneira de romper esse feitiço dançante, e és que seus amigos, fazendo uma cadeia humana, desde o exterior do círculo e agarrando-lhe pela roupa, puxem-no fortemente, deixando ao menos um pé fora.

O baile das fadas deve forçosamente terminar ao amanhecer, momento em que os primeiros raios de sol começam a despontar, e rapidamente se retiram aos seus belos palácios entre as rochas ou para o interior de uma fonte, cujas entradas cobrem as águas.

Quando dançam, as fadas o fazem em torno de um montão de rosas que logo são espalhadas pelas encruzilhadas dos caminhos

Nenhum comentário:

www.borboletaprateada.blogspot.com

Arquivo do blog