CANTINHO MÁGICO

domingo, 20 de abril de 2008


Olho-te nos olhos, ajeito a saia ... longa ... caída ... solta dou um passo e paro, olho-te...
Um pé desenha meio círculo no chãouma mão brinca com a saia, a outra na cintura olho-te ... desafio
Viro-te as costas num rodopio acalmo a saia dou mais um passo e paro
Com as mãos acima da cabeça palmas ... cada vez mais palmas... Começa o ritmo...outras palmas se juntam corpo que se solta, primeiro mansa mente aos poucos membro por membro,espaço no espaço tontura, vira volta paro!
Olho-te ... sorriso... desafio e a perna faz um círculo desenha território, é meu!
O espaço... a terra ...mãos e gestos devassospalmas .. sempre palmasao som da guitarra, dos próprios passos.
A saia acompanha o deambular das pernaso corpo contorce-se cintura arqueada movimento, som frenético, olhar hipnótico. Palmas .. guitarras gestos largos .. compassos mãos que desenham universos gente que se aproxima, circulo fechado, quente
Olho-te ... desafioviro-te a cara.
Cabelos soltos ganham vida saia vermelha sobe e desce ...rodopia Palmas ... alimento
cresce .. vivo .. quente .. febri lRitmo, calor em movimento chamas vivas
Tudo é vermelho!O som ...o ambiente a saia...sangue quente fogo...fervilha.
Dou-te as costas frenesim de passos guitarra da voltas e reviravoltas paroBJBJ Ajeito a saia corpo que reluz, molhado...
Mão na cintura por cima do ombro olho-te de lado desafio. Vens?
Descalça ou de salto flamenca ou cigana esta será sempre a minha dança.

Nenhum comentário:

www.borboletaprateada.blogspot.com

Arquivo do blog